NOTÍCIAS TODO DIA. MANTENHA-SE BEM INFORMADO.

NOTICIÁRIO GERAL, COMENTÁRIOS DIVERSOS E DICAS DE SAÚDE. VOCÊ ENCONTRARÁ AQUI. AJUDE A MELHORAR CADA VEZ MAIS ESTE ESPAÇO QUE É SEU..

22/10/09

“CHACRINHA ERA PAI SEVERO”: ENTREVISTA COM RITA CADILLAC…

FONTE: Vinícius Santos (CORREIO DA BAHIA).

 

Poucas pessoas podem descrever Chacrinha com tanta propriedade quanto suas famosas e talentosas dançarinas de palco: as Chacretes. Entre elas, uma desponta: Rita Cadillac. Como ela mesma define, Rita é “a única, entre todas elas, que continua fazendo a mesma coisa que fazia antes”. E a relação com o rei das tardes de sábado era mais do que profissional: era de pai para filha. Ou melhor, filhas.

Rita participa com depoimentos do documentário “Alô, Alô Terezinha”, sobre Chacrinha, que estreia no próximo dia 30 de outubro em todos os cinemas do país.  Em entrevista exclusiva ao CORREIO, ela conta como foi a participação, como era a vida entre as Chacretes e como tomou a decisão de partir para o cinema pornô.

 

CONFIRA NA ÍNTEGRA A ENTREVISTA:

 

CORREIO - O documentário “Alô, Alô Terezinha” busca mostrar Chacrinha mantendo o foco nas Chacretes. Quais são suas lembranças daquela época?
Rita Cadillac - Com as Chacretes eu não tinha muito relacionamento, porque eu entrava no palco, fazia o que eu tinha que fazer e pronto. Uma história legal que eu me recordo é que, quando terminavam as gravações do programa, a gente saía muito pra tomar chá. Ao invés de jantar, a gente tomava chá, que era mais econômico. Quem convidava a gente era o Chacrinha. Ninguém sabia, mas ele era muito pão-duro. Ele tomava o chá e, no meio do caminho, ia embora e deixava a conta para as Chacretes pagarem. Eu tenho grandes lembranças de todos, não só do Chacrinha, como dos cantores. Eu tenho uma saudade, mas saudável. Acho que na vida tudo passa.

 

Qual o poder que as Chacretes tinham no Programa do Chacrinha?
Nós tínhamos um poder de sedução incrível. Isso era o que eu mais gostava, esse poder de dominação e de seduzir quem participava do programa e quem estava assistindo em casa. A gente chegava e todo mundo parava para olhar, pois eram todas meninas lindas e a gente sabia seduzir.

 

Algumas Chacretes contam no filme que chegara a sair com os famosos. Você tem alguma história desse tipo? Qual foi a coisa mais louca daquele tempo?
Olha, a coisa mais louca que eu fiz foi em um show do Chacrinha em Belém. Eu namorava o Christian na época [da dupla Christian e Ralf]. Ele namorava com a Gretchen, mas na época eles já estavam separados. Estava no apartamento do hotel e então eu pulei para um outro hotel que ficava bem do lado de onde a gente estava para encontrar o Christian. Ainda bem que o Chacrinha não ficou sabendo disso…

 

Dizem, inclusive, que o Chacrinha era muito ciumento. Como vocês conseguiam lidar com isso?
Ele era um pai pra gente, e um pai muito severo. Mas eu aprendi muito com ele, levei sempre para o lado do profissionalismo, mais do que para este lado severo e de condutas que o Chacrinha tinha. Na época, eu não entendia muito o porquê de ele ser tão severo, quase que um “pai de virgem”. Acho que, não somente eu, nenhuma de nós entendia. Ele era muito chato, mas hoje eu percebo que ele estava certo. O Chacrinha cuidava de preservar a nossa imagem, porque a fama que tínhamos era de prostitutas. Coisa que nós não éramos, entendeu? As pessoas acabavam pensando nisso porque eram mulheres que ficavam ali no centro rebolando, com um mini-maiô e achavam que a gente era aquele fogaréu todo. Na real, nós não éramos. A gente queria apenas encantar o público. Hoje eu aceito, mas na época eu ficava revoltada com isso.

 

Como você tomou, recentemente, a decisão de fazer filmes pornôs?
Fazer filme foi por acaso, veio de um convite que recebi há cinco anos da produção da série Brasileirinhas. Eu aceitei porque, do jeito que estava a situação, eu tinha que aceitar. Eu achei que não tinha estrada mais pra mim. Antes eu havia recebido convites e nunca aceitei, pois eu ainda tinha um caminho a percorrer. Aos 50 anos, a sua estrada já não é tão longa. Na época em que decidi fazer os filmes, eu imaginei que a minha carreira, que o nome “Rita Cadillac”, estava morrendo. Mas, graças a Deus, as pessoas souberam compreender, souberam respeitar a minha decisão e viram que fiz aquilo por necessidade de dinheiro. Não fiz para poder aparecer e nem pra chamar atenção. Eu fiz aquilo e acabou.

 

Mas hoje ainda saem alguns filmes que caem na internet e outros que são lançados em DVD…
Mas são cenas que foram feitas há cinco anos. Eu fiz 20 cenas para as Brasileirinhas e eles podem utilizar estas 20 cenas do jeito, da maneira e quando eles bem entenderem. Então, amanhã ou daqui a 10 anos, pode sair um filme.

 

Outro ponto curioso do documentário é que quem toma seu depoimento é um fã que visita a sua casa. Como é a sua relação com os fãs?
Tranquila. Eu falo até hoje: eu levo mesmo os fãs pra minha casa, deitam na minha cama. Se quiser ir na minha casa, pra me conhecer, pra ver como que é… Vai, não tem problema algum. Eu sempre lidei bem com isso porque tudo que eu sou hoje e se eu fui alguém e continuo sendo, eu devo aos meus fãs. Porque, sem eles, não somente eu, mas qualquer artista, não é ninguém.

 

Além de participar como Chacrete, o que mais te chamava atenção no Chacrinha e na forma como ele conduzia o programa?
Eu gostava daquele ser humano que ele era. Ele era uma pessoa de visão, ele sabia e tinha o dom de olhar para uma pessoa e descobrir o seu melhor e de investir nisso. Eu lembro que quando a Xuxa começou ele sempre falava o seguinte: essa menina vai ser um nome nacional. A cena do Byafra mesmo, no documentário, que é muito gozada, ele disse que aquilo foi o Chacrinha. E eu tenho certeza: foi realmente o Chacrinha. O Biafra, quando ia no programa, era muito tímido. Cantava ali no centro do palco e lá ficava. O Chacrinha odiava e por isso pegava ele pelo braço, carregava o Biafra pra cima e pra baixo, parecia um bonequinho.

 

Como é a sua relação com as Chacretes hoje?
Com algumas eu ainda mantenho a amizade, outras eu só vejo em algum evento. Com a Fátima, por exemplo, eu sempre tive uma amizade muito forte, mesmo antes de a gente se tornar Chacrete. E ela tinha sumido, porque ela foi morar em Lumiar [Rio de Janeiro]. Eu reencontrei agora, por causa do documentário, fiquei hiperfeliz e vou tentar manter o contato. Há outras com quem eu não me comunico mais porque cada uma foi fazer alguma coisa. Uma foi ser psicóloga, outra foi ser professora e eu fui pra mesma estrada em que eu tava. Acho que sou a única louca, entre todas elas, que continua fazendo a mesma coisa que fazia antes.

criado por sardinha16    10:40 — Arquivado em: GERAL

BAHIA É O QUINTO ESTADO EM NÚMERO DE APREENSÕES DE NOTA FALSA…

FONTE: *** Alan Rodrigues (CORREIO DA BAHIA).

Somente nos oito primeiros meses do ano, o Banco Central retirou de circulação mais de 251 mil cédulas falsificadas em todo o país. Destas, 15,2 mil apenas na Bahia, onde mais de 60% das notas apreendidas eram de R$ 50. As falsificações vão das mais grosseiras, como fotocópias coloridas, às mais elaboradas, e atingem o seu objetivo por uma razão muito simples, falta de atenção.

Períodos de pique e a pressa em atender os clientes leva muitos operadores de caixa a caíremnos mais diversos golpes. Um dos mais comuns é passar o dinheiro enrolado, em canundinhos, e amassado, para disfarçar a diferença de toque do papel. “Às vezes o operador de caixa recebe o dinheiro amassado e a gente só vai perceber quando o banco desconta do depósito”, diz o comerciante Fernando Pereira, 24 anos, filho do proprietário de um mercadinho no Barbalho.

Ele orienta os funcionários a analisar as notas de maior valor, acima de R$ 10, e garante que nem sempre é necessário colocar a cédula contra a luz. “Quem manuseia o dinheiro com frequência percebe logo quando a nota é falsa”, diz o empresário, que costuma rasgar e queimar as notas falsificadas para evitar que passe adiante.

TREINAMENTO.
Em outros estabelecimentos, a detecção de cédulas falsa serve de exemplo para evitar que novos golpes sejam aplicados. Rosângela Rodrigues, 34, é gerente de uma delicatessen na Região Metropolitana de Salvador. Semanalmente, junta de oito a dez cédulas falsas para enviar ao banco.

Antes disso, porém, faz questão de pregar as notas identificadas no mural, para utilizá-las como material didático nas reuniões de treinamento realizadas com os caixas. “Tem muita falsificação grosseira que dá pra ver só de olhar, nem precisa colocar contra a luz”, explica.

Seja na padaria, mercadinho ou qualquer outro estabelecimento, quando flagrado com a nota falsificada, a reação do cliente é sempre a mesma: “eles dizem que receberam de outra pessoa”, diz Rosângela.

BANCO CENTRAL LANÇA CAMPANHA CONTRA FALSIFICAÇÃO.
Para reduzir o número de moedas falsas em circulação no país, o Banco Central lançou na quarta-feira (21) a campanha “Nosso Dinheiro”, com orientações para identificar uma cédula fraudada. Os pontos de verificação são vários e cada um deve ser responsável pelo dinheiro que manuseia.

Em caso de levar uma nota falsa ao banco, o prejuízo é todo do cliente, explica Renato Medrado, consultor do Banco Central em Salvador. “A campanha é em cima disso, para ensinar a população a reconhecer as notas falsas”. Segundo Medrado, a falsificação teve um aumento logo após o Plano Real, pois as várias notas lançadas na mesma data - 1ºde julho de 1994 -, tinham uma única marca d´água em todas as células, o que facilitou a falsificação. “Hoje a dificuldade é maior”, acredita.

Faixas holográficas, como a usada nas notas de R$ 20, inibimos falsários, mas, além de mais caras, não podem ser usadas em todas as notas devido ao leiaute. O Banco Central oferece cursos de capacitação gratuitos para empresas a partir de 25 funcionários. A pena para quem falsifica dinheiro é de 3 a 12 anos de prisão. Segure a cédula contra a luz, olhando para o lado que contém a numeração. Observe na área clara, do lado esquerdo, a marca d´água em tons que variam do claro ao escuro.

RECONHEÇA UMA CÉDULA FALSA.
Pequenos fios espalhados no papel, nas cores vermelha, azul e verde, podem ser vistos em ambos os lados, ao longo de toda a cédula.

Olhando a nota contra a luz, o desenho das Armas Nacionais impresso em um lado deve se ajustar exatamente ao desenho semelhante que se encontra no outro lado da cédula.

Fio vertical de cor escura embutido no papel, com propriedades magnéticas, que serve para leitura por equipamento eletrônico de seleção e contagem.

Observando a frente da cédula, olhe a partir do canto inferior esquerdo, colocando-a na altura dos olhos, na posição horizontal e sob luz natural abundante: ficarão visíveis as letras ‘B’ e ‘C’.

São formados por linhas retas e sinuosas, extremamente finas, que dão colorido a toda a cédula.

CONFIRA O VÍDEO DE ALERTA DO BANCO CENTRAL.

*** Notícia publicada na edição impressa do dia 22/10/2009 do CORREIO.

criado por sardinha16    10:00 — Arquivado em: GERAL

FUNCIONÁRIOS DA CAIXA APROVAM PROPOSTA E ENCERRAM GREVE DE 28 DIAS…

FONTE: Folhapress (TRIBUNA DA BAHIA).

 

Os bancários da Caixa Econômica Federal decidiram nesta quarta-feira, em assembleia, encerrar a greve que já durava 28 dias.Eles aceitaram a proposta da direção do banco que prevê reajuste salarial de 6% –sendo 1,5% de aumento real e 4,5% de reposição da inflação–, PLR (Participação nos Lucros e Resultados) que varia entre R$ 4 mil e R$ 10 mil, contratação de 5 mil bancários e abono de R$ 700 a ser pago na folha de janeiro.

Essa proposta foi apresentada pela direção da Caixa na noite de ontem (20), depois de quase uma semana de paralisação nas negociações. Na manhã de hoje, o TST (Tribunal Superior do Trabalho) faria uma audiência para tentar solucionar a greve, mas foi suspensa devido à volta das negociações.

Os sindicatos que representam os funcionários da Caixa –a Contec (Confederação Nacional dos Trabalhadores nas Empresas de Crédito) e a Contraf (Confederação Nacional dos Trabalhadores no Ramo Financeiro)– aceitaram a proposta da direção do banco, que foi então submetida à assembleia e aprovada.

Com a volta dos funcionários da Caixa, todos os bancos do país passam a funcionar normalmente após a greve no setor, que começou no final de setembro e durou quinze dias –todos os bancários voltaram a funcionar a partir do dia 8, mas os da Caixa resolveram seguir com a paralisação.

criado por sardinha16    9:44 — Arquivado em: GERAL

CONDOMÍNIOS EM BAIRROS NOBRES TÊM LIGAÇÃO DIRETA COM A POLÍCIA…

FONTE: *** Bruno Menezes (CORREIO DA BAHIA).

 

Eram 11h de uma quarta- feira de abril quando Gilmar, pai da pequena Gabriela, 9 anos, foi buscá-la na creche, que fica no Vale das Pedrinhas. Chegando lá, um intenso tiroteio. Com medo, Gilmar ligou pelo menos cinco vezes para o serviço 190 da PM. Sem sucesso. “Espero pela viatura até hoje”, conta.

Ali perto, no Candeal, uma moto parou em frente a um condomínio. Dela, saltaram dois homens sem camisa ( um deles de chinelos), que ficaram observando o edifício. O porteiro Miguel chamou a polícia, que chegou em pouco mais de cinco minutos. Naquele momento, um possível assalto foi evitado.

Segredo: o condomínio é um dos 58 associados ao projeto De Olho na Sua Rua - um convênio firmado entre a Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA) e o Secovi-BA, sindicato que representa o setor de habitação. Assinado em 2006, o convênio consiste no aluguel de um aparelho de radiocomunicação instalado pelo Secovi nos condomínios, que funcionam em linha direta com alguns batalhões da Polícia Militar. Ao todo, sete bairros, todos considerados nobres, foram contemplados com o serviço: Pituba, Itaigara, Horto Florestal, Candeal, Graça, Caminho das Árvores, além do Loteamento Aquárius.

 

ADESÃO.
Miguel utilizou o serviço no Candeal apenas quatro vezes desde que foi implantado. Na primeira, havia um carro com vidros escuros parado em frente ao prédio durante muito tempo, sem que qualquer passageiro desembarcasse. Na segunda vez, um suspeito estava num bar perto e depois se aproximou do prédio. Em ambos os casos, a PM chegou em, no máximo, 15 minutos no local. “Já na terceira chamada, eles demoraram. Havia outro carro suspeito. Uma pessoa embarcou e não saiu mais do carro. Esperei a polícia de 12h30 às 16h”, lembra o porteiro.

Para fazer parte do projeto, o condomínio interessado deve pagar uma taxa de adesão no valor de R$ 350 e uma mensalidade de R$ 150 (segundo o Secovi, pela manutenção dos equipamentos).

Miguel, o porteiro que pode ter evitado um assalto, acha o serviço válido, mas não concorda com a proposta. Para ele, o serviço discrimina os moradores de áreas pobres. “Moro numa área de risco, com alto índice de criminalidade. Enquanto estou no trabalho, me sinto mais seguro com o equipamento. Mas, quando eu chego em casa, se acontecer algo, vou precisar do 190 e depender da boa vontade da polícia”, avalia.

 

PRECONCEITO.
Quatro Companhias Independentes da PM estão integradas com os porteiros através dos rádios: a 11ª, a 13ª, a 26ª e a 35ª companhias. “Nesses bairros, eles já contam com a segurança dos condomínios e com as rondas frequentes, já que são bairros nobres. E na favela onde moro. Na minha comunidade, faz tempo que não vejo uma ronda. Ou a polícia chega para acabar com um tiroteio ou eles param na entrada, olham e vão embora”, conta Gilmar. “O preconceito é o que mais incomoda. Nem todos na favela são bandidos. Deveríamos ser tratados com um pouco mais de respeito pelas autoridades”.

PREVENÇÃO.
De acordo com a gerente do Secovi, Cleide Moreira, 32 anos, a empresa adotou o sistema apenas como medida preventiva, na tentativa de contribuir com o policiamento ostensivo. “No entanto, não temos aqui os índices de criminalidade que comprovem a efetiva redução nos índices de delitos cometidos nas áreas cobertas pelo projeto”, admite.

Segundo o major Jaime Pinto Ramalho Neto, comandante da 35ª Companhia Independente, a medida é eficaz e não trata os cidadãos com diferença. “A gente acaba chegando mais rápido, já que a denúncia não passa pelas centrais de atendimento”, explica. A PM também não tem os dados de redução de criminalidade.

 

É UM ATENTADO À MORALIDADE’.
“Esse projeto é, no mínimo, um atentado à moralidade”. Assim a promotora de justiça Rita Tourinho, coordenadora do Grupo de Atuação Especial de Defesa do Patrimônio Público e da Moralidade Administrativa (GAEPP) do Ministério Público Estadual classifica o De Olho na Sua Rua. Para ela, o serviço fere a impessoalidade a qual a polícia deve respeitar e diferencia o serviço prestado às diferentes classes sociais. “Não se pode distinguir quem você vai atender mais rápido. Isso é um absurdo e vamos querer saber como isso funciona de verdade”, afirmou a promotora.

A coordenadora do GAEPP afirmou na quarta-feira (21) ao CORREIO que vai pedir ainda hoje (22) explicações ao comando da corporação. Ela lembra que outros dois convênios como este firmado entre a Polícia Militar e Secovi já foram suspensos por sugestão do Ministério Público. “Um deles era com a Coelba (Companhia de Energia da Bahia) e com a Petrobras. Os contratos foram suspensos e orientamos o comando da PM que esse tipo de serviço não pode ser oferecido”, diz a promotora.

Um dos fatos que chama a atenção da promotora é a cobrança pelo serviço. Rita Tourinho deve enviar ofício ainda hoje ao Comando Geral da PM pedindo detalhes do contrato.

 

MAJOR AFIRMA QUE POLÍCIA NÃO RECEBE 1 CENTAVO.
O major Ramalho Neto, da 35ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM), responsável pela segurança na região do Iguatemi, garante que a corporação não recebe qualquer centavo de pagamento pelo serviço do Secovi. “Pelo menos eu não fico com dinheiro nenhum. Atendo aos chamados com a mesma igualdade. Pobres ou ricos, qualquer um que precise da PM terá meu apoio”, diz o comandante.

Para ele, a controvérsia do projeto está no capitalismo. “Vivemos uma sociedade capitalista, na qual o dinheiro é que vale. Infelizmente, em algumas áreas da cidade, os moradores não têm como pagar pelo projeto”, justifica. Ainda segundo o major, uma viatura sai pelo menos 6 ou 7 minutos mais rápido do batalhão se a ocorrência for alertada pelo projeto. “E, diminuindo essa reação ao chamado, podemos ter mais êxito”, concluiu.

 

APOSENTADO BALEADO MORRE APÓS FALHA EM ATENDIMENTO.
O aposentado Jorge Luiz Zuza de Sena, 59, morreu durante um assalto no Candeal, no último dia 7, depois que dois bandidos renderam os cerca de 20 clientes que estavam no Candeal Point, trailer que fica na Rua Dr. Alberto Pondé. Durante a ação, Jorge Luiz foi atingido no peito e morreu no local após duas tentativas de socorro: primeiro, um carro da PM enguiçou e precisou ser rebocado. Depois, segundo testemunhas, uma ambulância do Samu chegou sem o equipamento necessário.“Ele tentou se levantar e os bandidos gritaram: ‘Você é polícia?’. Ele nem respondeu e foi atingido”, contou a dona do trailer, Fernanda Santos Oliveira, 36, que quer fechar o negócio devido à violência. Um carro da PM chegou ao local, mas a tentativa de socorro parou no defeito do veículo. Das janelas, moradores gravaram a cena.

 

CONTRATO INCLUI MOTOS QUE POLÍCIA DIZ NEM POSSUIR.

Uma das responsabilidades da Secretaria de Segurança Pública, de acordo com o contrato assinado com a Secovi, é disponibilizar recursos humanos (policiais) e materiais, como motos e carros, para a eficácia do projeto. “Isso está incorreto no contrato. Nem motos nós temos”, diz o major Ramalho Neto, da 35ª Companhia.

 

*** Notícia publicada na edição impressa do dia 22/10/2009 do CORREIO.

criado por sardinha16    9:40 — Arquivado em: GERAL

BOTA PERDE BPARA O CERRO PELA SUL-AMERICANA E ENTRA NA “DEGOLA” DO BRASILEIRO…

FONTE: UOL Esporte, no Rio de Janeiro.

 

Com três jogadores expulsos (Léo Silva, Emerson e Recalde) e outros dois gols irregulares (um para cada lado), o Botafogo acabou sendo derrotado pelo Cerro Porteño por 2 a 1, na noite desta quarta-feira, em Assunção, pelas quartas-de-final da Copa Sul-Americana. Para se classificar à semifinal e pegar Fluminense ou Universidad do Chile, o Alvinegro pode vencer por 1 a 0, no duelo de volta, no início de novembro, no Engenhão. Recalde e Nanni, de pênalti, marcaram para os paraguaios, enquanto Reinaldo anotou o gol do time brasileiro, que chegou a empatar a partida.

Porém, antes disso, o Botafogo encara o Flamengo, neste domingo, às 18h30 (horário de Brasília), no Engenhão, pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com a vitória do Santo André sobre o Palmeiras por 2 a 0, nesta quarta-feira, na abertura da jornada, o Alvinegro voltou para a zona de rebaixamento.
“Espero que o nosso gol tenha sido fundamental para a classificação. Poderíamos ter conquistado um melhor resultado melhor, mas arbitragem errou. Anulou gol sem explicação e o cara abraçou o Emerson no pênalti. No nosso gol, a bola bateu no meu braço, mas isso é interpretação. De qualquer forma, estamos de parabéns pelo espírito de luta”, salientou Reinaldo.
Como já era previsto, o técnico Estevam Soares poupou alguns titulares para o início do jogo e deixou de fora quatro jogadores: Alessandro, Leandro Guerreiro, André Lima e Jobson. Já Lucio Flávio sequer ficou como opção no banco de reservas.
Jogando em casa e com apoio da torcida, o Cerro começou a partida pressionando o Botafogo. Logo aos nove minutos, Jefferson fez uma grande defesa no arremate Nuñez.
Porém, aos pouco, o fôlego dos paraguaios foi terminando. Com isso, o Botafogo acabou equilibrando as ações. Foi quando a arbitragem entrou em ação. Aos 20, Sérgio Pezzota anulou um gol de Fahel. Treze minutos depois, o auxiliar Norberto Moyano não viu impedimento de Nanni e na sequência do lance saiu o gol do Cerro, anotado por Recalde.
Com o objetivo de matar logo o jogo, o Cerro Porteño voltou para o segundo tempo “sufocando” o Botafogo. Para mudar o panorama, Estevam Soares sacou Gabriel e botou Rodrigo Dantas.
O Alvinegro melhorou e, aos 12, num gol irregular, Reinaldo deixou tudo igual. No minuto seguinte, o volante Léo Silva, que sequer tinha cartão amarelo, levou vermelho e deixou o Botafogo com um a menos. Para compor o setor, Estevam Soares precisou colocar Leandro Guerreiro no lugar de Renato.
Inferiorizado numericamente, o Botafogo recuou e viu o Cerro Porteño partir com tudo para tentar a vitória. Aos 33, Fahel sai jogando errado e na sequência da jogada Emerson comete pênalti em Nanni e acaba expulso. Para piorar ainda mais a vida alvinegra, o próprio Nanni, aos 36 minutos, coloca os paraguaios em vantagem.
A partir daí, o Botafogo desistiu definitivamente de atacar e viu o Cerro Porteño sufocar. O Alvinegro contou com as boas intervenções de Jefferson e com a trave direita, numa cabeçada de Nanni. No fim, aos 47, Recalde foi expulso pelo lado paraguaio, só que nada mais foi alterado.

    CERRO PORTEÑO-PAR    2   x   1   BOTAFOGO

Cerro  Porteño-PAR: Barreto; Cardozo, Herner e Torren (Piris); Irrazábal, Brítez, Villarreal (Julio dos Santos), Cáceres e Recalde; Nuñez (César Ramírez) e Nanni. Técnico: Pedro Troglio

Botafogo: Jefferson; Emerson, Juninho e Wellington; Thiaguinho (Diego), Fahel, Léo Silva, Renato (Leandro Guerreiro) e Gabriel (Rodrigo Dantas); Reinaldo e Victor Simões. Técnico: Estevam Soares
 
Local: General Pablo Rojas (La Olla), Assunção (Paraguai)
Árbitro: Sergio Pezzota (Argentina)    -     Assistentes: Roberto Reta (Argentina) e Norberto Moyano (Argentina)
Cartões amarelos: Villarreal, Recalde e César Ramírez (Cerro Porteño-PAR). Jefferson, Fahel, Victor Simões e Leandro Guerreiro (Botafogo).
Cartões vermelhos: Recalde, aos 47 minutos do segundo tempo (Cerro Porteño-PAR). Léo Silva, aos 13 minutos; e Emerson, aos 33 minutos do segundo tempo (Botafogo).
Gols: Recalde, aos 33 minutos do primeiro tempo. Reinaldo, aos 12 minutos; e Nanni (pênalti), aos 36 minutos do segundo tempo.

criado por sardinha16    9:35 — Arquivado em: GERAL

PALMEIRAS PERDE DO SANTO ANDRÉ, AMPLIA MÁ FASE E TORCIDA GRITA ‘JORGINHO’…

FONTE: Rodrigo Farah, em Santo André (SP) (UOL ESPORTE).

 

O líder do Campeonato Brasileiro continua em queda. Na quarta-feira, o Palmeiras voltou a decepcionar e acabou derrotado pelo Santo André por 2 a 0 depois de uma atuação apática. Desta forma, a equipe alviverde deixou a primeira posição da tabela mais ameaçada sob fortes gritos de “Jorginho” da torcida insatisfeita no estádio Bruno José Daniel.
O revés manteve o Palmeiras com 54 pontos, quatro a mais que o segundo lugar Atlético-MG. O Galo, no entanto, volta a atuar no fim de semana e pode diminuir a vantagem para apenas um ponto.
Além de perder a chance de disparar, a equipe de Muricy Ramalho ampliou o mau momento na Série A. Em queda e sem vencer há quatro jogos, o time alviverde somou apenas um ponto dos últimos 12 disputados.

“Ainda dá tempo de acordar porque somos líderes por mais uma rodada. Se tivermos tranquilidade, podemos mudar essa situação. Precisamos ter auto-crítica nesse momento e pensar no que aconteceu, mas podemos mudar tudo isso”, destacou Marcos após o apito final.
O Santo André, por sua vez, conseguiu sair momentaneamente da zona de rebaixamento com o triunfo. O time do ABC chegou aos 32 pontos e ultrapassou o Botafogo no número de vitórias, em 16º lugar. Contudo, o clube carioca também atua no fim de semana e poderá retomar a posição com um empate.
“Hoje merecemos. Não poderia estar mais feliz depois do que aconteceu e isso mostra que estamos no caminho certo”, celebrou Nunes, autor dos dois gols dos anfitriões.
No início da partida, o Santo André tentou se aproveitar de uma formação ousada, com três meias e um volante, e partiu para cima. Mas o Palmeiras mostrou boa marcação no meio-campo e aos poucos passou a dominar o confronto, levando perigo ao gol de Neneca em algumas ocasiões.
Quando parecia que os anfitriões teriam problemas para conter o líder do campeonato, Nunes se encarregou de mudar a história. Aos 20min, o atacante aproveitou boa jogada de contra-ataque e deixou o time da casa na frente.
Sem contar com Cleiton Xavier, que saiu lesionado, o Palmeiras tentou se reorganizar e até criou uma boa chance com Obina aos 38min, mas nada suficiente para sair do zero. “Mandamos duas bolas na trave e estamos bem sim. É só continuar assim no segundo tempo que esse jogo vai mudar”, comentou Marcos no intervalo.

Na etapa final, o Santo André voltou mais recuado, apostando nos contra-ataques. A retranca causou problemas na criação das jogadas alviverdes. Com muitos erros de passes, o Palmeiras não conseguiu invadir a área dos anfitriões.
Até que aos 32min, a equipe do ABC se aproveitou de nova falha da defesa alviverde para selar o triunfo. Após nova jogada de contra-ataque, Nunes mostrou oportunismo e fez o segundo. A partir daí, a torcida alviverde aumentou sua revolta e começou a gritar “Jorginho” em protesto a Muricy Ramalho.

Agora, as duas equipes terão uma semana de descanso antes de voltar a campo pela 32ª rodada do Brasileiro. Na próxima quarta, o Santo André tem compromisso diante do Cruzeiro no Mineirão. No dia seguinte, é a vez de o Palmeiras enfrentar o Goiás no Parque Antarctica.

              SANTO ANDRÉ   2   x   0   PALMEIRAS

Local: Estádio Bruno José Daniel, em Santo André (São Paulo)
Árbitro: Salvio Spinola Fagundes Filho (Fifa-SP)      -      Assistentes: Emerson Augusto de Carvalho (Fifa-SP) e Vicente Romano Neto (SP)
Público: 10.612 torcedores   -   Renda: R$ 346.665,00
Cartões amarelos: Marcelinho Carioca, Wanderley (STO); Obina, Maurício (PAL)
Gols: Nunes, aos 20min do primeiro tempo e aos 32min do segundo tempo

SANTO ANDRÉ: Neneca; Rômulo, Cesinha, Marcel e Elvis (Eduardo Ratinho); Ricardo Conceição, Camilo, Marcelinho Carioca (Fernando) e Júnior Dutra (Pablo Escobar); Nunes e Wanderley. Técnico: Sérgio Soares

PALMEIRAS: Marcos; Figueroa, Danilo, Maurício e Armero; Edmilson, Souza, Cleiton Xavier (Marquinhos) e Diego Souza; Obina (Robert) e Vagner Love. Técnico: Muricy Ramalho.

criado por sardinha16    9:30 — Arquivado em: GERAL

BRASIL OCUPA SEGUNDO LUGAR NO RANKING MUNDIAL EM NÚMERO DE ACADEMIAS…

FONTE: Thiago Pereira (TRIBUNA DA BAHIA).

 

Mundialmente conhecido como o país do futebol, o Brasil está prestes a ganhar reconhecimento em outra área de atividade esportiva. De acordo a International Health Racquet and Sportsclub Association (IHRSA), o país é a segunda nação no ranking mundial em número de academias, com mais de 14 mil unidades, atrás somente dos Estados Unidos, que possui cerca de 30 mil empreendimentos do ramo. 

Segundo a IHRSA, o número de academias do Brasil cresceu cerca de 10,5% em 2009, quando comparado ao ano anterior. Desde 2007, o número de academias dobrou, passando de sete para 14 mil.

O desenvolvimento do setor, no entanto, está acelerado não só no Brasil. Paul Zane Pilzer, autor do livro The New Wellness Revolution, afirma que em 2012 o segmento alcançará U$S 1 trilhão em faturamento em todo o mundo.

Além do crescimento no número de academias, o Brasil também possui um dos maiores eventos do mundo do ramo. O IHRSA Fitness Brasil Latin American Conference & Trade Show é considerado o terceiro maior encontro de negócios em fitness e bem-estar do mundo e o principal da América Latina.

Este ano, o evento será realizado entre os dias 22 e 24 de outubro, em São Paulo, e deve gerar aproximadamente R$ 40 milhões em negócios, reunir cerca de 25 palestrantes, nacionais e internacionais, além de um trade show com mais de 130 empresas que apresentarão as novidades e tendências do setor.

criado por sardinha16    9:22 — Arquivado em: GERAL

GOVERNO DO ESTADO REAFIRMA APOIO À NATAÇÃO BAIANA…

FONTE: Thiago Pereira (TRIBUNA DA BAHIA).

 

Os esportistas e alunos que dependem da piscina olímpica da Fonte Nova para praticar natação podem ficar despreocupados. Segundo o secretário estadual de Trabalho e Esporte (Setre), Nilton Vasconcelos, a programação de competições e demais atividades.
De acordo com o presidente da Federação Baiana de Natação, Sérgio Sampaio, além de garantir a realização das competições, dois torneios regionais (Norte e Nordeste) que estão programados para abril e setembro do próximo ano, o estado da Bahia ainda pode sediar mais eventos.

“Os atletas e para-atletas da natação baiana tem tido destaque em todas as competições nacionais e internacionais que participam. Muitos deles, inclusive, já contam com o apoio do Programa FazAtleta, do Governo do Estado”,  disse Nilton Vasconcelos ao frisar que o poder público irá reforçar o apoio aos esportistas, oferecendo as condições  necessárias  para  que esse esporte se fortaleça ainda mais na Bahia e assuma posição de destaque nas Olimpíadas Rio 2016.

O secretário também falou sobre as alternativas avaliadas para que não haja interrupção das atividades de natação hoje realizadas no parque aquático da Fonte Nova, sob a coordenação da Superintendência de Desportos da Bahia (Sudesb).

criado por sardinha16    9:16 — Arquivado em: GERAL

21/10/09

MENINOS DA VILA CONQUISTA CAMPEONATO DA CACHOERINHA…

Aconteceu na manhã do último domingo (17), a final do campeonato da Cachoeirinha (Antiga Torta), com a partida entre as equipes MENINOS DA VILA x URBIS IV, a equipe de melhor campanha na competição, MENINOS DA VILA venceu a partida pelo  placar de 3  a 1 ficando com o titulo da temporada.

Após  partida que apontou o campeão da Cachoeirinha (Antiga Torta) 2009, a classificação final ficou sendo a seguinte:

1º. lugar – MENINO DA VILA, dezenove pontos ganhos, nove jogos realizados, cinco vitórias, quatro empates, quatorze gols a favor, cinco gols contra, saldo positivo de nove gols.

 

2º. lugar  - URBIS IV, quatorze pontos ganhos, nove jogos, quatro vitórias, dois empates, três derrotas, dezessete gols a favor, quatorze gols contra saldo positivo de  três gols.

 

  lugar – BRASIL, doze ponto ganhos, oito jogos, três vitórias, três empates duas derrotas, treze gols a favor,treze gols contra, nenhum gol de saldo.

 

4º lugar – REAL BONFIM, onze pontos ganhos, oito jogos, três vitórias dois empates, três derrotas, onze gols a favor, onze gols contra, nenhum gol de saldo.

 

5º. lugar – BENFICA, nove pontos ganhos, sete jogos três vitórias, quatro derrotas, oito gols a favor, nove gols contra, saldo negativo de um gol.

 

6º. lugar – ACC, nove pontos ganhos, sete jogos, duas vitórias, três empates, duas derrotas, seis gols a favor, oito gols contra saldo negativo de dois gols.

 

7º. lugar – MARCON, sete pontos ganhos, oito jogos, duas vitórias, dois empates três derrotas, nove gols a favor, treze gols contra, saldo negativo de quatro gols.

 

8º. Lugar – AJAX, um ponto ganho, sete  jogos, um empate, seis derrotas (duas delas por W x O), sete gols a favor, quatorze gols contra, saldo negativo de sete gols.

 

 * Quem mais jogou: MENINOS DA VILA e URBIS IV (os dois finalistas) nove jogos cada.

* Quem mais venceu: MENINOS DA VILA, cinco jogos,

* Quem mais empatou: MENINOS DA VILA, quatro jogos,

* Quem mais perde: AJAX, seis jogos,

* Quem não venceu: AJAX,

* Quem não perdeu: MENINOS DA VILA, (campeã invicta),

* Melhor ataque: URBIS IV, marcou dezessete gols,

* Melhor defesa: MENINOS DA VILA,  sofreu cinco gols,

* Piores defesas: AJAX e URBIS IV, cada uma sofreu quatorze gols,

* Pior ataque: ACC, marcou apenas seis gols.

 

Foram realizados trinta e um jogos, sendo que dois deles aconteceram o famoso W x O, oitenta  e sis gols foram assinalados, com média de 2,77 por jogo.

criado por sardinha16    19:19 — Arquivado em: GERAL

FBF DIVULGA ESCALA DE ARBITRAGEM DA 13ª RODADA DO CAMPEONATO INTERMUNICIPAL…

 

Após o encerramento da rodada decisiva do último domingo, 18/10, a FBF divulgou, nesta quarta-feira, 21/10, a escala dos árbitros que atuarão nas partidas da 13ª rodada, válida pela 3ª fase do Campeonato Intermunicipal - 2009.

 O Presidente da CEAF/BA, Wilson Paim, solicita que ao tomarem conhecimento da escala entrem em contato com a comissão.

 

Santo Amaro   x   Pojuca

Árbitro: JOHNN HERBERT ALVES BISPO (Salvador)

Assistentes: MARCOS WELB ROCHA DE AMORIM (Feira de Santana) &  EDSON OLIVEIRA (Conceição da Feira)

Árbitro Reserva: LUIZ ALBERTO REIS SANTANA (São Sebastião do Passé) & DENILSON MUNIZ DE MENEZES (Santo Amaro)

 

Santa Luz   x  Valença

Árbitro: JOSÉ PAULO PEDREIRA DA SILVA (Salvador)

Assistentes: GEOVÂNIO DE ARAÚJO GUIMARÃES (Miguel Calmon) & JERÔNIMO JESUS DE LIMA (Arací)

Árbitro Reserva: ANTÔNIO CARLOS CONCEIÇÃO FERREIRA (Feira de Santana) & JOSÉ ADAUTO DE OLIVEIRA JÚNIOR (Santa Luz)

 

Conceição da Feira   x   São Francisco do Conde

Árbitro: GLEIDSON SANTOS OLIVEIRA (Salvador)

Assistentes: BELMIRO DA SILVA (Salvador) & ANTÔNIO FERREIRA DE JESUS (Cachoeira)

Árbitro Reserva: ANTÔNIO MÁRIO ALMEIDA DO NASCIMENTO (Feira de Santana) & JOEDSON DE JESUS OLIVEIRA (Conceição da Feira)

 

Serrinha  x  Itagibá

Árbitro: JAILSON MACÊDO FREITAS (Salvador)

Assistentes: ANTÔNIO FERNANDO SANTOS RIBEIRO (Catú) & ALFIO PINTO NETO (Conceição do Coité)

Árbitro Reserva: ANDERSON FERREIRA SIMÕES (Conceição do Coité) & LUCIANO RODRIGUES DANTAS (Serrinha)

 

Itambé  x   Jequié

Árbitro: ZENILDO SOUZA SANTOS (Itabuna)

Assistentes: LUCIANO TRIGUEIRO XAVIER (Ilhéus) & JEFFERSON ABEL FERREIRA LIMA (Eunápolis)

Árbitro Reserva: RAMILDO ROCHA SOUZA (Itapetinga) & ALDO RODRIGUES LACERDA (Itambé)

 

Ipiaú  x  Itamarajú

Árbitro: MARIELSON ALVES SILVA (Vitória da Conquista)

Assistentes: EDVALDO JOAQUIM ARAÚJO (Santa Luzia) & JAIME FERREIRA SILVA (Itapetinga)

Árbitro Reserva: IVONILDO DA SILVA BORGES (Jitaúna) & GILBERLÂNDIO SANTOS PUTUMUJÚ (Ipiaú)

 

Camacan  x  Coarací

Árbitro: ROSALVO DA SILVA MOTA (Vitória da Conquista)

Assistentes: JOSÉ NOBERTO LEAL DA SILVA (Itamarajú) & AZOANE PEREIRA DIAS JÚNIOR (Belmonte)

Árbitro Reserva: GENIVALDO SOUZA MATIAS (Una) & IVANILDO LAURENCIO DOS SANTOS (Camacan)

 

Itapetinga  x  Porto Seguro

Árbitro: ANTÔNIO MARCELINO BELMONTE VIEIRA (Ilhéus)

Assistentes: GILSON SILVA SANTOS (Jequié) & MARCO ANTÔNIO OLIVEIRA (Barra do Choça)

Árbitro Reserva: MARCOS SANTOS SILVA (Itambé) & SEBASTIÃO SILVA GOMES (Itapetinga)

criado por sardinha16    19:14 — Arquivado em: GERAL
« Posts mais novosPosts mais antigos »
Report abuse Close
Am I a spambot? yes definately
http://sardinhainnaldo.blog.terra.com.br
 
 
 
Thank you Close

Sua denúncia foi enviada.

Em breve estaremos processando seu chamado para tomar as providências necessárias. Esperamos que continue aproveitando o servio e siga participando do Terra Blog.